Quarta-feira, 29 de Junho de 2005

CRISTO DO GARAJAU

 

A inauguração, em 1927:

 

Excerto da reportagem então publicada no Diário de Notícias

 

"O dia de domingo passado teve umas horas de verdadeira grandiosidade: a cerimónia da inauguração solene da estátua do Cristo do Garajau, ali erguida por um voto do senhor conselheiro Ayres de Ornelas e de sua ilustre esposa, a senhora D. Maria de Jesus de Sousa Holatein de Ornelas, "numa das crises maiores da vida" dos ilustres fidalgos. São palavras do Sr. Conselheiro Ayres de Ornelas. Da cidade, arredores e de longínquas povoações, partiram em romagem ao Garajau, muitos milhares de pessoas. E todas as classes ali estiveram largamente representadas - desde a mais alta aristocracia até ao povo que trabalha, ardorosamente, na grande luta da conquista do pão. Pelas ruas da cidade e pelas estradas e pelos caminhos, há grupos compactos que fazem a romagem a pé. Outros estacionam junto às casas, ou aproveitando a sombra dos muros que ladeiam as estradas, esperando automóveis de retorno ou omnibus com lugares vagos, porque todos são tomados, todos andam em correria num vaivém contínuo. Mas lá para os lados da Cancela, quando se volta para o Garajau, a multidão é mais densa ainda.

 

E sob os arcos de verdura e flores, por entre os estandartes marcados, em sua maioria, com a cruz de Cristo, quase se não pode transitar. Vai-se descendo para o Garajau. E entra-se na estrada nova, mandada construir pelo sr. Conselheiro Ayres de Ornelas. Há uma certa rusticidade na paisagem. As tabaibeiras ladeiam os caminhos sinuosos por onde andam formigueiros de gente, corricando... Numa volta da estrada, divisa-se como se estivesse rente ao mar, a grandiosa estátua. E como está longe ainda e não se apercebem detalhes, o Cristo, de braços abertos, dá a impressão duma enorme cruz, posta ali, dominando o Oceano, orientando os que sobre o oceano labutam.

 

É meio dia. Um meio dia de sol encoberto, mas um meio dia pesado, quase ardente. E chegamos ao Garajau. O sr. Conselheiro Ayres de Ornelas recebe fidalgamente os seus convidados. E a estátua olha o Infinito e tem gesto de abraçar o Infinito. Não se preocupou com detalhes de modelação o Escultor. Não podia preocupar-se. Preocupou-se com a grandiosidade. Fez linhas fortes, sem serem duras. Marcou-lhe a traços firmes a fisionomia e soube dar-lhe realeza. Os braços erguem-se em cruz, mas não crucificam, abraçam e abençoam. E em pregas largas e fundas, duma sobriedade notável, numa admirável visão de realidade, compôs o manto, amplo, solto, para que possa abranger todos os que sofrem. E o pedestal é de linhas direitas, fortes também, numa harmonia completa com a sobriedade de traços da estátua. Grinaldas de flores naturais, campestres, o ornam em graciosas curvas que mãos patrícias desenharam".

 

in Diário de Notícias, dia 01 de Novembro de 1927

 

Este excerto voltou a ser publicado na secção "Diário de Notícias no passado", no dia 01 de Novembro de 1989.

 

Pesquisa: Lília Mata

 

Com a devida vénia ao CANIÇO ONLINE

 

publicado por João Carvalho Fernandes às 22:41
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De fernanda daio a 24 de Maio de 2010 às 17:41
Interessante este documentário Em Angola há uma estátua do mesmo género, na província da Huila
http://www.flickr.com/photos/angolana/4635557953/
De João Carvalho Fernandes a 4 de Julho de 2005 às 19:54
ehehehe

O criminosos volta sempre ao local do crime, nem que seja quando começa a cheirar a férias...
De Thita a 30 de Junho de 2005 às 11:32
Bom dia, Sr. João Carvalho Fernandes.
Assim sim. Agora já posso saber mais coisas da Madeira. As aulas já me deram um bocadinho de descanso e a escola foi de férias como eu, hihi...
Já cá não vinha faz tempo porque pensei que tinha desistido do blog. Mas eu sabia que voltava. Por isso nunca tirei o link para cá.

Vou de férias mas virei cá antes de partir.
Um beijinho.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30

.links

.posts recentes

. CALHAU DA LAPA

. PISCINAS DA PONTA GORDA -...

. Carreiro mais antigo diss...

. ROSEIRAL DA QUINTA DO ARC...

. ROSEIRAL DA QUINTA DO ARC...

. ROSEIRAL DA QUINTA DO ARC...

. QUINTA DO ARCO - ARCO DE ...

. PONTA DE SÃO LOURENÇO

. FORTE DE SÃO TIAGO

. HELLOGUIDEMadeira

. CABO GIRÃO AOS PÉS

. VISTA DO MIRADOURO DO CAB...

. MIRADOURO DO CABO GIRÃO

. TELEFÉRICO DO RANCHO

. VISTA TELEFÉRICO DO RANCH...

. Estátua do INFANTE D. HEN...

. IGREJA DE SANTA MARIA MAI...

. JANELA MANUELINA NA QUINT...

. VÉU DA NOIVA - SEIXAL

. PENHA DE ÁGUIA

.arquivos

. Setembro 2016

. Julho 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Agosto 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Junho 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Boa Noite e Bom Descanso

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds